CONSEQUÊNCIA DA PRESENÇA DE BACTÉRIAS PSICROTRÓFICAS EM LEITE E DERIVADOS

Isadora de Andrade Paulo, Maike Taís Maziero Montanhini, Laryssa Freitas Ribeiro

Resumo


O setor lácteo passou por diversas transformações e a produção de leite no Brasil vem crescendo a cada ano. O transporte do leite, que antes era feito em latões, foi gradativamente substituído por tanques isotérmicos de coleta de leite e tanques de expansão para a refrigeração do leite nas fazendas. Porém com a implantação de uma cadeia refrigerada, o leite passou a ser armazenado sob refrigeração por um período muito maior. Isso gerou uma melhora significativa na qualidade do leite cru com relação ao controle de microrganismos mesófilos, porém o desenvolvimento de bactérias psicrotróficas pode ser favorecido devido a refrigeração prolongada. Este estudo tem como objetivo realizar uma revisão bibliográfica sobre as bactérias psicrotróficas e suas consequências em leites e seus derivados.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado por

ISSN: 2238-4405