AVALIAÇÃO DO SISTEMA DE ABASTECIMENTO DE ÁGUA DE MONTE CARMELO/MG, A PARTIR DO PLANO MUNICIPAL DE SANEAMENTO BÁSICO

Alife de Aguiar Rodrigues, Emiliano Silva Costa, Jaqueline Vicente Matsuoka

Resumo


O abastecimento de água possui sérios problemas de gestão no Brasil e no mundo. A prestação do serviço de forma inadequada gera impactos na área da saúde, economia e meio ambiente. Para uma melhor compreensão da situação do abastecimento de água tanto por gestores quanto por consumidores, foram criados ao redor do mundo planos de
saneamento básico. Dentre os dados existentes para análise, alguns se destacam pela fácil interpretação e grande utilidade para a gestão pública, são eles: índice de perdas, atendimento à população e consumo per capita. O objetivo deste trabalho foi avaliar o sistema de abastecimento de água da cidade de Monte Carmelo a fim de criar subsídios técnicos para a melhor gestão do abastecimento de água na cidade. Avaliou-se os índices: consumo per capita, volume consumido nas residências, número médio de economias e índice de perda. Os dados utilizados como base para a avaliação foram disponibilizados pela Lei Federal nº 11.445, PMSB, DMAE, SNIS e pela Prefeitura Municipal. Foram comparadas as variações dos índices nos últimos anos e a variação mensal no último ano do estudo. O município teve uma melhora considerável, reduzindo seus índices de perdas, mas ainda tem muito a ser feito para chegar na universalização do serviço de abastecimento de água urbana. São necessárias algumas melhorias, principalmente no que se refere à sustentabilidade socioeconômica da concessionária.

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado por

ISSN: 2238-4405