AVALIAÇÃO DA OCORRÊNCIA DO Aedes aegypti E Aedes albopictus NO MUNICÍPIO DE COROMANDEL-MG

Lucas Faria Noronha, Edimar Olegário de Campos Júnior, Denise Dias Alves Cocco

Resumo


Os vetores da dengue apresentam diferenças morfológicas, o Aedes aegypti possui um desenho em forma lira, já o Aedes albopictus possui uma linha longitudinal além de ser mais escuro. O trabalho objetivou quantificar a ocorrência dos vetores da dengue (A. aegypti e A. albopictus) no município de Coromandel-MG, além disso, foi delineado o mapeamento geográfico desses culicídeos, comparando seus mecanismos de ação no ambiente urbano e silvestre. Foram coletados os dados do Levantamento de Índice Rápido do A. aegypti (LIRAa) para determinação da presença dos vetores e suas áreas de ocorrência, além do levantamento de dados de casos de dengue de 2014 a 2015. No ano de 2014 não foram encontrados vetores A. albopictus no município de Coromandel, e no ano de 2015, apenas no levantamento de dados de março o vetor foi identificado nas pesquisas, e foi encontrado principalmente na área central da cidade, que possui maior número de domicílios. A presença de vetores A. albopictus, pode estar relacionada com sua progressão das áreas periféricas do município de Coromandel, e sua dispersão e concentração nas áreas centrais da cidade.

PALAVRAS-CHAVE: LIRAa; Dengue; Vetores.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado por

ISSN: 2238-4405