AVALIAÇÃO DO IMPACTO DE UM PROJETO DE EXTENSÃO EM UM LATICÍNIO DE IRAÍ DE MINAS-MG, SOBRE AS MELHORIAS NA QUALIDADE DE LEITE

Lucas Silveira, Cláudio Costa, Francielle Aparecida Sousa

Resumo


É incontestável a importância da pecuária de leite no desempenho econômico e na geração de empregos no Brasil, sendo destaque no agronegócio com ampla capacidade de expansão. Nos últimos tempos, a atividade leiteira no Brasil tem apresentado alguns desafios relacionados ao gerenciamento da propriedade e a remuneração dos produtores pelo volume associado à qualidade do leite entregue aos laticínios. O objetivo deste trabalho foi avaliar o impacto de um projeto de extensão de um laticínio em Iraí de Minas-MG, sobre as melhorias na qualidade de leite dos fornecedores, referente aos valores CBT e CCS no leite produzido nas propriedades produtoras de leite associadas. A pesquisa foi realizada em um laticínio da cidade de Iraí de Minas - MG, com coleta de dados no período de julho a dezembro de 2015, acompanhando a qualidade do leite. Todo o trabalho foi feito pelos técnicos de campo, coordenado por análises estatísticas mensais, analisando o banco de dados do mês anterior. O banco de dados era obtido através do site da Clínica do Leite e do check-list do laticínio. Verificou-se que de janeiro a junho de 2015, as médias não ultrapassaram 34% das amostras com CBT abaixo de 100.000/ml, já nos meses de julho a dezembro de 2015, as médias de CBT abaixo de 100.000/ml evoluíram para 61% deste total. O comportamento das porcentagens de análise de leite em relação ao CCS não sofreu grandes oscilações, verificando apenas 02 meses com picos de amostragem, março apresentou 48%, e dezembro com 47%. O restante do período oscilou em torno de 35% das amostras dentro dos parâmetros da IN 62. Em suma, nota-se o impacto positivo de um projeto de extensão executado por um laticínio, em que se mostrou produtivo e favorável para ambas as partes, tanto para o laticínio quanto para o produtor.

Palavras-chave: Extensionismo, higiene, pecuária de leite, mastite.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Indexado por

ISSN: 2238-4405