DETERMINANTES DA SUAVIZAÇÃO DE RESULTADOS CONTÁBEIS EM COMPANHIAS ABERTAS LISTADAS NA BOLSA DE VALORES DO BRASIL

Taís Daiane Assumpção Bianchet, Sady Mazzioni, Geovanne Dias de Moura

Resumo


A suavização de resultados contábeis é considerada uma prática que procura reduzir a variabilidade dos resultados das companhias no decorrer dos períodos, não se constituindo em inobservância dos padrões contábeis. Distintas interpretações podem ser observadas sobre sua utilização, não existindo consenso na literatura sobre a prática ser um atributo desejável ou não desejável dos resultados contábeis. O objetivo do estudo é analisar os fatores determinantes da prática de suavização dos resultados contábeis em companhias abertas listadas na bolsa de valores B3 (Brasil, Bolsa, Balcão), em períodos pré e pós IFRS. Os procedimentos metodológicos utilizados caracterizam a pesquisa como descritiva, documental e de cunho quantitativo com uso de regressão linear múltipla. A amostra investigada foi composta de 129 companhias não financeiras e os períodos investigados compreenderam os anos de 2002 a 2007 (considerado pré IFRS) e os anos de 2010 a 2016 (denominados pós IFRS). Os resultados permitiram aceitar a hipótese de que há uma relação negativa entre o resultado contábil e a prática de suavização de resultados contábeis sugerindo que empresas com resultados consistentemente positivos praticam a suavização de resultados em menor escala.

Palavras-chave


Suavização de resultados; Fatores determinantes; Companhias abertas.

Texto completo:

PDF

Referências


ALMEIDA, J. E. F.; ALMEIDA, J. C. G. Auditoria e earnings management: estudo empírico nas empresas abertas auditadas pelas big four e demais firmas de auditoria. Revista Contabilidade & Finanças, São Paulo, v. 20, n. 50, p. 62-74, 2009.

ALMEIDA, J. E. F.; SARLO NETO, A.; BASTIANELLO, R. F.; MONEQUE, E. Z. Alguns aspectos das práticas de suavização de resultados no conservadorismo das companhias abertas listadas na BM&FBOVESPA. Revista Contabilidade & Finanças, São Paulo, v. 23, n. 58, p. 65-75, 2012.

ALMEIDA-SANTOS, P. S.; DANI, A. C.; MAGRO, C. B. D.; MACHADO, D. G. Propriedade familiar e o earnings management no Brasil: uma análise sob a ótica do take a bath e do income smoothing. Enfoque Reflexão Contábil, Maringá, v. 36, n. 1, p. 23-44, 2017.

ATIK, A. Detecting income-smoothing behaviors of Turkish listed companies through empirical tests using discretionary accounting changes. Critical Perspectives on Accouting, Amsterdam, v. 20, n. 5, p. 591-613, 2009.

BAIOCO, V. G.; ALMEIDA, J. E. F.; RODRIGUES, A. Incentivos da regulação de mercados sobre o nível de suavização de resultados. Contabilidade Vista & Revista, Belo Horizonte, v. 24, n. 2, p. 110-136, 2013.

BARRETO, M. S. Uma investigação sobre o impacto dos accruals na variabilidade dos resultados nos diferentes contrastes cross-sectional nas firmas brasileiras de capital aberto. 2012, 59 f. Dissertação (Mestrado Profissional Executivo em Gestão Empresarial) – Escola Brasileira de Educação Pública e Empresas, Fundação Getúlio Vargas, Rio de Janeiro, 2012.

BARTH, M. E.; LANDSMAN, W. R.; LANG, M. H. International Accounting Standards and accounting quality. Journal of Accounting Research, Chicago, v. 46, n. 3, p. 467-498, 2008.

BRAYNER, A. R. A.; MEDEIROS, C. B. Incorporação do tempo em SGBD orientado a objetos. In: SIMPÓSIO BRASILEIRO DE BANCO DE DADOS, 9., 1994, São Paulo. Anais [...]. São Paulo: USP, 1994. p. 16-29.

BUCKMASTER, D. Development of income smoothing literature 1893-1998: a focus on the United States. In: Studies in the Development of Accounting. WDC: Elsevier Science Ltd., 2001.

BURGSTAHLER, D. C.; HAIL, L.; LEUZ, C. The importance of Reporting Incentives: Earnings Management in Europe Private and Public Firms. The Accounting Review, Sarasota, v. 81, n. 5, p. 883-1016, 2006.

CARLIN, D. O. Fatores motivadores e limitadores do alisamento de resultados (Income Smoothing) pelas empresas listadas na Bovespa. São Leopoldo, 2009, 113f. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis), Universidade do Vale do Rio dos Sinos – UNISINOS, 2009.

CASTRO, M. A. R. Análise do alisamento de resultados contábeis nas empresas abertas brasileiras. Salvador, 2008. 139 f. Dissertação (Mestrado Acadêmico em Ciências Contábeis), Faculdade de Ciências Contábeis – UFBA, 2008.

CASTRO, M. A. R.; MARTINEZ, A. L. Income smoothing, custo de capital de terceiros e estrutura de Capital no Brasil. RAM - Revista de Administração Mackenzie, São Paulo, v. 10, n. 6, p. 25-46, 2009.

CHEN, H.; TANG, Q.; JIANG, Y.; LIN, Z. The role of accounting standards: evidence from the European Union. Journal of International Financial Management & Accounting, New York, v. 21, n. 3, p. 1-57, 2010.

CHIN, C-L.; CHEN, Y-J.; HSIEH, T-J. International diversification, ownership structure, legal origin, and earnings management: evidence from Taiwan. Journal of Accounting, Auditing & Finance, New Jersey, 24, n. 2, p. 233, 2009.

DEBOSKEY, D. G.; JIANG, W. Earnings management and auditor specialization in the post-sox era: Na examination of the banking industry. Journal of Banking & Finance, Nova York, v. 36, p. 613–623, 2012.

DICHEV, I. D.; GRAHAM, J. R.; HARVEY, C. R.; RAJGOPAL, S. Earnings quality: evidence from the field. Journal of Accounting and Economics, Nova York, v. 56, n. 2, p. 1-33, 2013.

ECKEL, N. The income smoothing hypothesis revisited. Abacu s, Sidney, v. 17, n. 1, p. 28-40, 1981.

EWERT, R.; WAGENHOFER, A. Economic effects of tightening accounting standards to restrict earnings management. The Accounting Review, Sarasota, v. 80, n. 4, p. 1101-1124, 2005.

FARIA, B. R.; AMARAL, H. F. O Gerenciamento de Resultados através do Income Smoothing e a relação com o risco das ações: estudo empírico com empresas do IBOVESPA. Revista Contabilidade e Controladoria, Curitiba, v. 7, n. 1, p. 25-42, 2015.

FRANCIS, J.; LAFOND, R.; OLSSON, P. M.; SCHIPPER, K. Costs of equity and earnings attributes. The Accounting Review, Sarasota, v. 79, n. 4, p. 967-1010, 2004.

GAIO, C. The relative importance of firm and country characteristics for earnings quality around the world. European Accounting Review, Bruxelas, v. 19, n. 4, p. 693-738, 2010.

GU, Z.; LEE, C. J.; ROSETT, J. G. What determines the variability of accounting accruals? Review of Quantitative Finance and Accounting, New York, v. 24, p. 313-334, 2005.

KANAGARETNAM, K.; LOBO, G. J.; MATHIEU, R. Managerial Incentives for Income Smoothing Through Bank Loan Loss Provisions. Review of Quantitative Finance and Accounting, New York, v. 20, p. 63–80, 2003.

KLANN, R. C.; BEUREN, I. M. Impacto da Convergência Contábil Internacional na Suavização de Resultados em Empresas Brasileiras. Revista Brazilian Business Review, Vitória, v. 12, n. 2, p. 1-25, mar./abr, 2015.

KOLOZSVARI, A. C.; MACEDO, M. A. S. Análise da influência da presença da suavização de resultados sobre a persistência dos lucros no mercado brasileiro. Revista Contabilidade & Finanças, São Paulo, v. 27, n. 72, p. 306-319, 2016.

LEUZ, C.; NANDA, D.; WYSOCKI, P. Earnings management and investor protection: an international comparison. Journal of Financial Economics, New York, v. 69, n. 3, p. 505-27, 2003.

LIMA, J. B. N. A relevância da informação contábil e o processo de convergência para as normas IFRS no Brasil. São Paulo, 2011. 236 p. Tese (Doutorado) - Universidade de São Paulo, 2011.

LYRA, I. X. M.; MOREIRA, R. L. Alisamento de resultados nas empresas listadas nos níveis de governança corporativa da Bovespa. Revista Contabilidade e Controladoria, Curitiba, v. 3, n. 2, p. 78-93, 2011.

MARTINEZ, A. L. Gerenciamento dos resultados contábeis: estudo empírico das companhias abertas brasileiras. 2001. 167 f. Tese (Doutorado em Ciências Contábeis) -Universidade de São Paulo. São Paulo, 2001.

MARTINEZ, A. L. Minimizando a variabilidade dos resultados contábeis: estudo empírico do Income Smoothing no Brasil. Revista Universo Contábil, Blumenau, v. 2, n. 1, p. 9-25, 2006.

MARTINEZ, A. L.; CASTRO, M. A. R. The smoothing hypothesis, stock returns and risk in Brazil. Brazilian Administration Review, Rio de Janeiro, v. 8, n. 1, p. 1-20, 2011a.

MARTINEZ, A. L.; CASTRO, M. A. R. Bond ratings and income smoothing in Brazil. Latin American Business Review, Rio de Janeiro, v. 12, n. 2, p. 59-81, 2011b.

MAZZIONI, S. Influência do grau de internacionalização das empresas na relação entre as normas reguladoras e os incentivos empresariais com a qualidade das informações contábeis. 2015, 421 f. Tese (Doutorado em Ciências Contábeis e Administração) - Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis da Universidade Regional de Blumenau. Santa Catarina, 2015.

MAZZIONI, S.; KLANN, R. C. A Internacionalização das Empresas e a Qualidade da Informação Contábil. In: Congresso ANPCONT, 10., 2016, Ribeirão Preto. Anais […]. Ribeiro Preto: USP, 2016.

MCKEE, T. E. Earnings management: an executive perspective. Ohio: Thomson, 2005.

MICHELSON, S. E.; JORDAN-WAGNER, J.; WOOTTON, C. W. A market based analysis of income smoothing. Journal of Business Finance and Accounting, Cingapura, v. 2, n. 8, p. 1179-1193, 1995.

MULFORD, C.; COMISKEY, E. The financial numbers game. Detecting creative accounting practices. Malaysia: Jonh Wiley & Sons Inc., 2002.

PORTULHAK, H.; RAFFAELLI, S. C. D.; SILVA, P. Y. C.; SOARES, R. O. Alisamento de resultados e utilização de instrumentos derivativos em empresas não financeiras listadas na BM&FBovespa. Revista Enfoque Reflexão Contábil, Maringá, v. 33, n. 2, p. 105-119, 2014.

RAMOS, G. M.; MARTINEZ, A. L. Governança corporativa. Revista Contemporânea de Contabilidade, Florianópolis, v. 3, n. 6, p. 143-164, 2006.

RIBEIRO, F.; COLAUTO, R. D. A Relação entre Board Interlocking e as Práticas de Suavização de Resultados. Revista Contabilidade & Finanças, São Paulo, v. 27, n. 70, p. 55-66, 2016.

SANTANA, A. G.; KLANN, R. C. Conservadorismo Contábil e a adoção das IFRS: Evidências em empresas brasileiras familiares e não familiares. Revista Enfoque Reflexão Contábil, Maringá, v. 35, n. 1, p. 35-53, 2016.

SANTOS, A. C.; MARCELLO, I. E.; ZONATTO, V. C. S.; TOLEDO FILHO, J. R. Gerenciamento de resultados: investigação de sua ocorrência em empresas de setores regulados no Brasil. Revista de Contabilidade da UFBA, Salvador, v. 6, n. 3, p. 04-16, 2012.

SCOTT, W.R. Financial accounting theory. 6 ed. Toronto: Pearson Canada, 2012.

SILVEIRA, E. D. Remuneração anormal do auditor e a prática de gerenciamento de resultados. 2017, 94 f. Dissertação (Mestrado em Ciências Contábeis) - Universidade de Brasília, Brasília, 2017.

SU, S. Y. S. To match or not to match? The British Accounting Review, Birmingham, v. 37, p. 1–21, 2005.

RYDQVIST, K.; SCHWARTZ, S. T.; SPIZMAN, J. D. The tax benefit of income smoothing. Journal of Banking & Finance, Nova York, v. 38, p. 78-88, 2014.

TONIN, J. M. F.; COLAUTO, R. D. Relação entre income smoothing e ratings em companhias brasileiras de capital aberto. Revista Contabilidade Vista & Revista, Belo Horizonte, v. 26, n. 1, p. 104-122, 2015.

TORREs, D.; BRUNI, A. L.; MARTINEZ, A. L.; RIVEIRA-CASTRO, M. A. Estrutura de propriedade e controle, governança corporativa e o alisamento de resultados no Brasil. Revista Contemporânea de Contabilidade, Florianópolis, v. 7, n. 13, p. 11-34, 2010.

TUCKER, J. W.; ZAROWIN, P. A. Does income smoothing improve earnings informativeless? The Accounting Review, Sarasota, v. 6, n. 1, p. 251-270, 2006.

WANG, Z. Measuring investor’s assessment of earnings persistence: do investors see through smoothed earnings? Review of Quantitative Finance and Accouting, Cham, v. 42, n. 4, p. 691-708, 2014.


Apontamentos

  • Não há apontamentos.


Classificação B4 no sistema de avaliação  de periódicos Qualis/CAPES, no quadriênio 2013-2016, nas áreas de  Administração Pública e de Empresas, Ciências Contábeis e Turismo; Educação; e, Interdisciplinar.

Esta revista foi indexada (2017) no Sistema Regional de Información en Línea para Revistas Científicas de América Latina, el Caribe, España y Portugal - LATINDEX. (http://www.latindex.unam.mx/latindex/ficha?folio=25833)

ISSN: 2357-9048