Pedagogia

Pedagogia

Licenciatura em Pedagogia

Portaria de Renovação de Reconhecimento nº. 1.092, de 30 de dezembro de 2015
Regime: Semestral
Modalidade: Licenciatura
Turno: Noturno
Nº de vagas: 50 vagas
Duração: 3 anos e seis meses (7 períodos)
Critérios de avaliação: 100 pontos distribuídos por semestre, sendo necessário a obtenção de, no mínimo, 60 pontos para aprovação
Coordenador(a): Professor Mestre Heber Junio Pereira Brasão
E-mail: pedagogia@fucamp.edu.br

Apresentação:

A formação do educador tem sido fonte de preocupação constante da FACIHUS que, vê na educação a única garantia que possibilita o pleno desenvolvimento das potencialidades do ser humano.

Nesta perspectiva o projeto pedagógico ora apresentado, pretende fixar um novo perfil curricular para o curso de Licenciatura em Pedagogia da Faculdade de Ciências humanas e Sociais, buscando o aprimoramento da formação acadêmica e profissional dos discentes.

Essa proposta de redefinição do perfil profissional surgiu a partir das necessidades básicas e essenciais apresentadas pela nova Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional, sancionada em 20 de dezembro de 1996, pela Resolução Nº. 1 de 15 de maio de 2006 que institui as Diretrizes Curriculares Nacionais para o Curso de Graduação em Pedagogia, Licenciatura, bem como das exigências e das mudanças no mercado de trabalho que requerem uma atuação diferente da imposta pelo desenvolvimento técnico, uma formação compromissada com a construção do cidadão capaz de compreender a sua realidade social.

Assim, o curso de Licenciatura em Pedagogia apresenta, no seu desenvolvimento curricular, a formação de professores para atuar na educação básica especificamente no ensino da educação infantil e séries iniciais, com uma ampla possibilidade de caminhos que levam às reflexões, análises e críticas sobre o ensino nestas faixas etárias, proporcionando uma formação humanística, ética necessária para a sua atuação na construção de uma sociedade mais humana e crítica.

A proposta curricular propõe ao aluno, pensar o mundo em que se vive a partir de sua condição real de existência, mas buscando sempre a valorização humana e o desenvolvimento de uma mentalidade de respeito ao ser humano em construção.

Objetivo:

O Curso de Licenciatura em Pedagogia tem como objetivo formar professores qualificados para a atuação no ensino da educação infantil e séries iniciais, propiciando-lhes a aquisição de conhecimentos teóricos e práticos fundamentais de modo a atuar nos segmentos administrativos e pedagógicos existentes no âmbito educacional, bem como os meios para o exercício da investigação científica e do saber aplicado, nestas áreas. Visa, ainda, integrar os alunos à realidade educacional, capacitando-os para enfrentá-la e nela intervir, através de uma formação orientada pelos valores éticos. O Projeto Acadêmico do Curso de Pedagogia por meio das ações nele implantadas garante ao longo dos três anos e meio de formação superior, que os discentes construam um conjunto de conhecimentos referentes a conceitos, procedimentos e atitudes relacionados à Pedagogia.

Mercado de Trabalho:

O pedadogo é um indivíduo polivalente, capaz de atuar em diversos campos e estar sempre atualizado.

O licenciado em Pedagogia será identificado por múltiplas competências e habilidades adquiridas durante a sua formação acadêmica. Nesse sentido, visando a uma formação de profissionais que contemplem o domínio das diversas habilidades pedagógicas, de modo a atuar em atividade de docência, o curso foi pensado para contribuir no desenvolvimento das seguintes competências e habilidades:

  • atuar com ética e compromisso com vistas à construção de uma sociedade justa, equânime, igualitária;
  • compreender, cuidar e educar crianças de zero a nove anos, de forma a contribuir, para o seu desenvolvimento integral;
  • trabalhar em espaços escolares e não-escolares, na promoção da aprendizagem de sujeitos em diferentes fases do desenvolvimento humano;
  • administrar a gestão administrativa e pedagógica em todo seguimento educacional;
  • reconhecer e respeitar as manifestações e necessidades físicas, cognitivas, emocionais, afetivas dos educando nas suas relações individuais e coletivas;
  • ter atitudes investigadoras que favoreçam o processo contínuo de construção do conhecimento especificamente em sua área de atuação;
  • capacidade de inspirar o seu aluno a criar conhecimentos, desenvolver habilidades e competências que promovam uma relação de ensino-aprendizagem mais dinâmica e abrangente;
  • relacionar as linguagens dos meios de comunicação à educação, nos processos didático-pedagógico, demonstrando domínio das tecnologias de informação e comunicação adequadas ao desenvolvimento de aprendizagens significativas;
  • estudar, aplicar criticamente as diretrizes curriculares e outras determinações legais que lhe caiba implantar, executar, avaliar e encaminhar o resultado de sua avaliação às instâncias competentes;
  • utilizar, com propriedade, instrumentos próprios para a construção de conhecimentos pedagógicos e científicos;
  • desenvolver trabalho em equipe, estabelecendo diálogo entre a área educacional e as demais áreas do conhecimento;
  • promover e facilitar relações de cooperação entre a instituição educativa, a família e a comunidade;
  • participar da gestão das instituições planejando, executando, acompanhando e avaliando projetos e programas educacionais, em ambientes escolares e não-escolares;
  • participar da gestão das instituições contribuindo para a elaboração, implementação, coordenação, acompanhamento e avaliação do projeto pedagógico;
  • Aplicar metodologia cientifica na realização de atividades de planejamento, executar e avaliar o processo de ensino e aprendizagem.

Matriz Curricular do Curso

Matriz curricular em vigor a partir de 2012/1

Matriz curricular em vigor a partir de 2015/1

Manual de Estágio

Avaliação

São inúmeros os aspectos que envolvem a formação docente, dadas as transformações constantes ocorridas na evolução da sociedade. Dessa forma, o domínio dos conteúdos específicos torna-se somente parte do processo, exigindo do educando o desenvolvimento de outras habilidades que devem ser trabalhadas ao longo do seu processo de formação acadêmica.

A diversificação no uso de recursos e procedimentos metodológicos são fundamentais, pois, além de proporcionar o diagnóstico das principais necessidades e dificuldades do futuro profissional da educação, cria condições para que essas dificuldades sejam superadas à contento.

A construção autônoma do conhecimento trata-se de uma habilidade que pode ser desenvolvida mediante várias atividades como: elaboração e execução de projetos de pesquisa referentes à realidade escolar e metodologias de ensino-aprendizagem, atividades de simulação de sala de aula, reflexão escrita sobre problemas vivenciados no contexto escolar, trabalhos de campo, consultas bibliográficas e análise de materiais, permitindo a analogia entre teoria e prática.

A perspectiva metodológica deve propiciar situações de aprendizagem focadas em situações problemas e projetos interdisciplinares, direcionando a formação docente para a aquisição de valores e atitudes que contribuam para a resolução de problemas de forma holística.

O curso de Licenciatura em Pedagogia tem o compromisso de compreender, avaliar, interpretar, diagnosticar e propor soluções para os problemas concernentes à relação sociedade, educação e processo de ensino-aprendizagem. Portanto, alguns procedimentos metodológicos como: trabalhos de campo, seminários, , debates, simulação de situações de sala de aula, trabalhos em grupo, desenvolvimento de projetos de pesquisa, jogos operatórios, panéis de discussão, apresentações e discussões de vídeos, pesquisas bibliográficas e de campo, aulas expositivas, estudos de caso e dinâmicas que propiciem o desenvolvimento intelectual e psicossocial do educando, devem ser aplicadas, flexibilizadas e aprimoradas periodicamente.

Em cada circunstância, o professor orientador desse processo de formação docente, deverá disponibilizar o procedimento, ou a associação dos mesmos, de acordo com a especificidade e necessidade de desenvolvimento de habilidades específicas em cada disciplina, levando em consideração a individualidade dos discentes.

O trabalho de campo possibilita a aplicação, verificação e diagnóstico de situações problemas, bem como a transposição da teoria à prática. Pode ser desenvolvido em caráter interdisciplinar e em várias escalas, tanto nos espaços escolares, quanto em outros espaços.

A utilização de seminários pode ser de grande proveito para a relação ensino-aprendizagem, pois a elaboração conjunta de roteiro, seleção dos assuntos em seqüência lógica, consulta bibliográfica para o levantamento conceitual e o uso de recursos adequados para a apresentação dos temas, pode ser gratificante e construtivo, permitindo o desenvolvimento de várias habilidades, em função da troca de idéias.

Do mesmo modo, os debates podem propiciar a conclusão dos temas, identificando a necessidade de retomá-los e aprofundá-los em outras circunstâncias.

Os jogos operatórios dizem respeito a procedimentos metodológicos, que utilizando regras similares a um jogo de competição, orienta o aluno para a aquisição dos principais conceitos, instigando-o a contribuir com o grupo do qual fará parte quando o jogo estiver sendo praticado.

Os projetos de pesquisa e estudos de caso são procedimentos que dispomos para comprovar a veracidade das teorias expostas pelos autores no que tange à realidade escolar, de forma a adaptar essas teorias às realidades vivenciadas, visto que estão em constantes transformações.

As dinâmicas de autoconhecimento e socialização são igualmente importantes de serem desenvolvidas no trabalho de formação docente. Estas permitem o resgate de valores humanos, a inserção de grupos discriminados no processo ensino-aprendizagem e o aprofundamento das relações, criando uma rede intrincada de trocas e de colaboração mútua.

O processo avaliativo deve ser contínuo e dinâmico, funcionando como instrumental para diagnosticar as principais dificuldades a serem superadas.

Em cada procedimento metodológico acima proposto, é possível a atribuição de uma avaliação, deixando evidente os critérios que serão observados, como: domínio do conteúdo, seqüência lógica de pensamento, entrosamento com o grupo, adequação da bibliografia utilizada com o assunto proposto, uso adequado dos recursos, bem como postura vocal e física.

Downloads

Periódicos On-line